Home Notícias Arquidiocese de Brasília também se prepara para o Mutirão Brasileiro de Comunicação a ser sediado em Goiânia

Arquidiocese de Brasília também se prepara para o Mutirão Brasileiro de Comunicação a ser sediado em Goiânia

por Marcus Tullius

Bispo auxiliar de Brasília convocou agentes da Pascom a promover uma comunicação que seja exemplo para as dioceses de todo o país. O primeiro passo, nesse processo, seria a celebração dos 60 anos da Arquidiocese, em 2019.

O segundo Mutirão de Comunicação no Regional Centro-Oeste da CNBB (Goiás e Distrito Federal), em preparação ao Mutirão Brasileiro de Comunicação (Muticom), que acontecerá em Goiânia, em 2019, foi promovido pela Arquidiocese de Brasília. O evento aconteceu no dia 5 de maio, na Paróquia São Judas Tadeu, na Asa Sul, e reuniu cerca de 60 pessoas, agentes da Pastoral da Comunicação (Pascom), daquela Igreja particular.

Na Santa Missa de abertura, o bispo auxiliar e referencial para a comunicação na Arquidiocese, Dom Marcony Vinícius, disse que o primeiro aspecto de um comunicador que quer anunciar Jesus é sentir a vontade de Deus dentro de si. “A comunicação tornou-se quase que um poder e hoje a mídia pode elevar ou destruir uma pessoa. Portanto, o primeiro compromisso de uma pessoa que quer levar a Boa-Nova é a intimidade com Deus”. Segundo ele, a nossa responsabilidade é com a verdade em primeiro lugar. Por isso, Jesus é quem deve aparecer. Ele é o grande comunicador e nós devemos fazer todo o possível para que ele apareça. “Quem ouvir os comunicadores católicos deve ouvir o Pai, porque vocês e todos nós somos discípulos dele”, declarou. Por fim o bispo exortou os comunicadores dizendo que é urgente crescer a comunicação da Arquidiocese de Brasília, se destacar em todo o Brasil. “Precisamos crescer, ser exemplo. Estamos no centro das decisões do país e não podemos realizar uma comunicação inferior. Não pensemos pequeno. Temos que desenvolver nossa comunicação de tal forma que seja modelo para todas as outras dioceses do país”.

O encontro seguiu com a palestra “A verdade vos tornará livres” (Jo 8,32), notícias falsas e jornalismo de paz, proferida pelo coordenador da Comunidade Divina Misericórdia, Gabriel Carvalho. O tema alude à Mensagem do papa Francisco para o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado em todo o mundo neste domingo, 13 de maio. Carvalho enfatizou as primeiras frases da mensagem: “No projeto de Deus, a comunicação humana é uma modalidade essencial para viver a comunhão”.  Segundo ele, o objetivo da comunicação desenvolvida pela Pastoral da Comunicação não é apenas comunicar notícias, mas o próprio Senhor, com objetivo de gerar comunhão. “Deus compartilha o nosso ser e nós somos convidados a adentrar nele e ele em nós”. Toda a comunicação, desde o Antigo Testamento, tem a pretensão de comunicar a beleza de Deus, conforme o palestrante explicou.

Arquidiocese de Brasília também se prepara para o Mutirão Brasileiro de Comunicação a ser sediado em GoiâniaArquidiocese de Brasília também se prepara para o Mutirão Brasileiro de Comunicação a ser sediado em Goiânia

Você pode gostar