Home Notícias Processos de comunicação foram abordados por pesquisador da USP

Processos de comunicação foram abordados por pesquisador da USP

por Marcus Tullius

A partir dos três temas propostos para as trilhas do Conhecimento, na 11ª edição do Muticom (Comunicação, Democracia e Responsabilidade Social), o professor e pesquisador Deoadato Rafael Libanio trouxe ao público diversos exemplos para se entender a comunicação de forma integral.

Deodato é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso e é pesquisador da Universidade de São Paulo. Atualmente, pesquisa a Nova Teoria da Comunicação, com ênfase na questão da epistemologia da comunicação. Durante a palestra, Rafael Libanio instigou a plateia a aprofundar a ideia de comunicação social em suas diversas áreas.

O público teve participação especial durante a exposição, fazendo perguntas que eram respondidas com exemplos e embasamento teórico de diversos autores. Renato Guimarães, que veio do Espírito Santo, comenta que a palestra ofereceu uma grande oportunidade de aprendizagem: “com os exemplos expostos durante a palestra, nós conseguimos trazer as teorias para dentro da nossa realidade, além de poder aplicar em nossas rotinas”.

Além de interagir com o público, o palestrante mostrou como a comunicação pode sofrer uma violência em seu processo. Segundo ele, toda mensagem que provoca uma alteração no comportamento e modifica as ações de um indivíduo acaba se tornando um tipo de violência.

Deodato avaliou que a palestra teve o objetivo principal de informar e ajudar a população a entender a comunicação de forma integrada, com uma linguagem acadêmica, que se coloque como acessível a todos que queiram entender o processo
comunicativo. “A palestra é feita para que todos possam absorver os ensinamentos dos teóricos que estudamos. Qualquer área utiliza a comunicação. Então, é um dever de todos entender como se comunicar”, explicou.

Carlos Wilton, acadêmico da PUC Goiás, sob orientação da professora Sabrina Moreira

Você pode gostar