Home Notícias Professor Pedro Célio afirma que comunicação influencia o estado democrático

Professor Pedro Célio afirma que comunicação influencia o estado democrático

por Marcus Tullius

Na palestra “Comunicação e Estado Democrático”, presente na Trilha da Democracia, o doutor em Sociologia Pedro Célio abordou os aspectos do modelo social globalizado atual e como o acesso (ou não) a aplicações tecnológicas moldam e direcionam o comportamento social. O professor reforçou que a democracia comunicacional se dá quando mais vozes ganham destaque e quebram a hegemonia dos conglomerados de comunicação.

Membro da Comissão Pastoral da Terra, Altamiro José desenvolve trabalhos voltados à criação de núcleos de economia solidária. Para ele, é indispensável a discussão de temáticas relacionadas às ações comunicativas, tendo em vista que as mais variadas redes de comunicação, físicas ou digitais, são o fio condutor para a transmissão de valores e ideais. “Vivemos em um país social, onde grande parte da população não tem seus direitos respeitados e, com isso, seu acesso e circulação social são barrados por questões que permeiam a estrutura do Estado. Situação esta que pode ser revertida por meio de um
processo de conscientização social, política e religiosa do nosso papel de cidadãos”, reforçou.

De acordo com o palestrante, o Estado é o poder centralizado, que se enfraquece mediante as várias forças advindas das plataformas comunicacionais. Nesses ambientes, há a ressonância de uma série de pensamentos e ideologias que partem de centros organizados e irradiadores, cada qual com seus interesses políticos. “Dados os atuais meios de comunicação que possuímos em nossas mãos, como sociedade, temos o poder de afetar diretamente o estado democrático, influenciando cenários de negociações e movimentos políticos”, concluiu Pedro.

Texto: Victorio Bastos, acadêmico da PUC Goiás, sob orientação da professora Lara Guerreiro

Você pode gostar