Conheça os conferencistas do Mutirão de Comunicação 2021

Conheça os conferencistas do Mutirão de Comunicação 2021

12/07/2021 . Notícias do Muticom

Desde a primeira edição do Mutirão Brasileiro de Comunicação, realizada em 1998, grandes nomes da comunicação em nível nacional e internacional compartilham seus conhecimentos e pesquisadores. Apresentamos os conferencistas que estarão presentes no Mutirão de Comunicação 2021

CARLOS FERRARO 

É presidente de Signis América Latina e diretor do Departamento de Educação para os meios de Signis Mundial. Professor de Filosofia e Ciências da Educação (USAL – CONSUDEC), em Buenos Aires; estudos de realização cinematográfica (UNLP) e pós-graduação em Planejamento e  Gestão da Comunicação (UNLP). Comunicador Radiofônico pela Universidad Nacional de Buenos Aires. Docente universitário em Didáticas de artes audiovisuais (UNSAM) e de Teoria da Comunicação no nível superior de ensino. Educomunicador, titular e docente de COEDUC (Instituto de Capacitação Docente nos Meios de Comunicação e Educação) desde 1991. 

Ferraro profere a conferência Utopias do mundo integral, no dia 24 de julho, às 14h30.

 

MASSIMO DI FELICE

É sociólogo da Universidade La Sapienza de Roma e doutor em ciências da comunicação pela Universidade de São Paulo no Brasil, onde leciona e dirige o centro internacional de pesquisa em redes digitais ATOPOS. Foi professor visitante em diversas universidades europeias e latino-americanas, seus livros e artigos são traduzidos e publicados em diversos países. Na Itália, publicou recentemente Net-ativismo, da ação social ao ato conectivo pela Ed. Estemporanee (2017) e Cidadania digital, a crise da ideia ocidental de democracia e participação em redes digitais, pela Ed. Meltemi (2019). É diretor científico do Instituto Toposofia de Estudos Superiores de Roma e co-fundador do observatório internacional de teoria social sobre novas tecnologias e sustentabilidade “Sostenibilia” da Un. La Sapienza de Roma.

Di Felice profere a palestra magna, com o tema central do Mutirão 2021, Por uma comunicação integral: o humano nos novos ecossistemas, no dia 23 de julho, às 18h.

 

MOISÉS SBARDELOTTO

É mestre e doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), com estágio doutoral na Università di Roma La Sapienza, na Itália, e com estágio pós-doutoral na Unisinos. É bacharel em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Consultor em Comunicação para diversos órgãos e instituições civis e religiosos, atualmente é membro do Grupo de Reflexão sobre Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (Grecom/CNBB) e colaborador do Instituto Humanitas Unisinos (IHU). Seu livro mais recente é “Comunicar a fé: por quê? Para quê? Com quem?” (Vozes, 2020). Foi membro da Comissão Especial para o “Diretório de Comunicação para a Igreja no Brasil”, documento aprovado pela CNBB em 2014. De 2008 a 2012, coordenou o escritório brasileiro da Fundação Ética Mundial, fundada pelo teólogo suíço Hans Küng.

Sbardelotto profere a conferência Era do onlife: real e virtual se (com)fundem. Também na Igreja?, no dia 24 de julho, às 9h.

 

NORVAL BAITELLO JUNIOR

Possui doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade Livre de Berlim. É professor da Pós-graduação da PUC de São Paulo, autor dos livros O pensamento sentado (2012), A era da iconofagia (2014), A carta, o abismo, o beijo (2018), Existências penduradas (2019) entre outros. Professor convidado das Universidades de Viena, S. Petersburg, Sevilha, Autônoma de Barcelona e Évora.

Norval Baitello profere a conferência Retomar as rédeas do mundo: o humano-cristão nos novos ecossistemas à luz da Fratelli Tutti , no dia 24 de julho, às 10h.

JORGE MIKLOS

É professor titular do programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura Midiática da Universidade Paulista. Graduado em História e Ciências Sociais, especialista em Psicologia Junguiana. Miklos é mestre em Ciências da Religião e Doutor em Comunicação, com pós-doutorado na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou estágio de pesquisa no Vilém-Flusser-Archiv (Berlim) e no El Colegio de Frontera Sur (ECOSUR, em San Cristóbal de Las Casas, Chiapas, México). É autor dos livros: Ciber-Religião: a construção de vínculos religiosos na cibercultura (Ideias e Letras, 2012), Cultura e Desenvolvimento Local: Ética e Comunicação Comunitária (Saraiva, 2014) e  Veredas do Sagrado: interfaces entre Imaginário, Ecologia e Religião (Humanitas-USP, 2021).  Atualmente desenvolve pesquisa financiada pela CAPES e pela Universidade Paulista com o título: Masculinidades na mediosfera: contribuição da mídia para a constituição das masculinidades no imaginário brasileiro.

Miklos participa da mesa Ecologia das mídias e nas mídias católicas, juntamente com a Prof. Adriana Braga, no dia 24 de julho, às 11h15.

 

 

Veja Também

Promoção:
Realização:
Patrocinadores:
APOIO: